Fellatio é uma prática oral que consiste em estimular o pênis com a ajuda da boca e da língua. Como o cunilíngua, ele proporciona um prazer intenso por meio de carinho. Descubra nossas dicas para um boquete bem-sucedido.

O que é um boquete?

O sexo oral é uma prática do sexo oral (ou oral) que consiste em levar o pênis do seu parceiro à boca e imitar os movimentos para a frente e para trás, que reproduzem os da relação sexual. O fellatio não se reduz ao idioma e também pode incluir masturbação com as mãos, mas também carícias e beijos.

Como o cunilingus, o fellatio é um relatório oral que é frequentemente usado durante as preliminares, pois permite que um homem seja despertado e lubrifique seu pênis. No entanto, devido à sensibilidade da região, o sexo oral pode facilmente atingir o orgasmo, sem ter que usar penetração ou outra prática sexual. 

Como fazer um bom boquete?

O pênis, e em particular a glande, localizada no final dele, é um órgão sensível. Portanto, é necessário iniciar um boquete de maneira suave e sem gestos repentinos. Você pode começar simplesmente beijando a região pubiana com os lábios e depois ao redor do pênis, antes de descer gradualmente para o pênis. Antes de iniciar movimentos fortes, é importante lubrificar bem a área com a língua e a saliva, ou simplesmente se masturbando com a mão.

Então, felação é uma questão de ritmo. À medida que a excitação aumenta, aumente a velocidade de um lado para o outro e varie as carícias com a língua. Você sentirá um batimento cardíaco acelerado e uma respiração irregular, se o seu parceiro estiver se divertindo. Trata-se, então, de modular o ritmo dos movimentos e acentuar a sucção quando o prazer está no auge. Finalmente, o importante é ter cuidado para não morder os dentes, o que pode ser desagradável, dada a sensibilidade da área. 

Posições sexuais de fellatio

Fellatio está presente várias vezes no Kamasutra, o livro indiano que lista dezenas de posições sexuais. É importante que a pessoa que faz sexo oral esteja suficientemente bem instalada, principalmente se estiver de joelhos, apoiada no chão, enquanto o parceiro estiver de pé.

Também é possível praticar fellatio enquanto está deitado, como na posição 69. Essa posição permite que os dois parceiros tenham prazer, uma vez que o homem dá cunilíngua à mulher enquanto este último lhe dá felação. 

Não se concentre apenas no pênis

Um boquete não deve se concentrar apenas no pênis. Quanto mais diversas as carícias e as áreas estimuladas, mais intenso será o prazer. Os testículos são uma área particularmente sensível, que pode ser acariciada com as mãos ou a língua. Da mesma forma, não hesite em usar as mãos e tocar o peito, os mamilos ou as nádegas de seu parceiro durante o sexo oral.

É possível variar a profundidade de um fellatio. Falamos, por exemplo, de “garganta profunda” quando o pênis é tomado inteiro na boca. Essa prática depende da anatomia de cada um e requer alguma experiência para ser realizada. Uma felação “boa” não depende da profundidade dela: é bem possível dar prazer concentrando-se apenas na glande e na parte inferior do pênis, que são as partes mais sensíveis.  Para um sexo oral mais intenso use Libid Gel.

Você pode engolir o esperma após uma felação?

A priori, não existe perigo em engolir esperma após a ejaculação oral, se não estiver contaminado por DST ou IST. Caso contrário, é imperativo o uso de preservativo durante todo o sexo oral, mesmo que não haja ejaculação, a transmissão ainda é possível.

Se o orgasmo chega, o homem sente nele e a ejaculação é iminente e irreversível. O esperma é expelido por sacada, em vários jatos pequenos, que são acompanhados de contrações para o homem. Esses jatos contêm entre 0,5 e 1 ml de sêmen. Portanto, a quantidade é relativamente baixa e, como parte de uma ejaculação oral, não é possível ter “muito” na boca. 

Leia também:  Alimentos para perder peso: o que comer para perder peso?